Lição 07: É fundamental cultivarmos uma vida de oração. | EBD Betel Adultos | 3° Trimestre De 2021 (RESUMO)

INTRODUÇÃO

O tema desta lição é: É fundamental cultivarmos uma vida de oração.
No enfrentamento das batalhas da vida é fundamental que o discípulo de Cristo procure cultivar uma vida de constante oração. Na presente lição veremos o exemplo da Igreja Primitiva, que tinha a oração como uma de suas mais relevantes características e os efeitos da oração na Igreja e na vida pessoal do cristão.

ESBOÇO DA LIÇÃO

Introdução

1. A importância da oração

2. O que acontece quando a Igreja ora?

3. Os resultados de uma vida oração

Conclusão

ASSISTA A VIDEO AULA AQUI

OBJETIVOS DA LIÇÃO

a. Falar a importância de uma vida de oração.
b. Ensinar sobre o que acontece quando a igreja ora.
c. Mostrar os resultados de uma vida de oração.

1. A importância da oração

Neste tópico se explica que a oração é uma das armas espirituais importantes, poderosa em Deus, para destruição das fortalezas do inimigo (2Co.10.4). Para vencer as batalhas da vida, é necessário que ela seja uma prática constante e diária na vida do cristão. 

2. O que acontece quando a igreja ora?

Neste tópico, o autor fala sobre como Deus interveio libertando Pedro da prisão, porque a igreja estava orando  

3. OS RESULTADOS DE UMA VIDA DE ORAÇÃO

Finalmente, no terceiro capitulo, ressalta-se o papel da oração na direção, na consessão da graça e novas experiências como frutos de uma vida de oração

CONCLUSÃO

Os discípulos nunca pediram para que Jesus os ensinasse a expulsar demônios, a fazer milagres, ou andar sobre as águas. Mas pediram a Jesus que os ensinasse a orar (Lc.11.1). Eles certamente entenderam a importância de uma vida de oração.

Gostou?

Adquira as revistas da Editora Betel Dominical aqui

https://www.editorabetel.com.br/betel/revista-adultos-betel-dominical-aluno-3-trimestre-2021-000970

Se este texto te foi útil, compartilhe com alguém, dê uma estrelinha e assine pra receber mais notificações.

Avaliação: 1 de 5.

Lição 5 o Tabernáculo e a sua mensagem para a Igreja

•Deus chamou a nação de Israel para ser uma referência e tornar o nome de Deus conhecido. Assim também a igreja foi chamada para fazer o mesmo por Cristo.

Assista a video aula aqui

Deus quer que Ele seja a nossa prioridade, se importa com o nosso coração e se de fato entendemos que precisamos ofertar.

Entregar a Deus as primícias significa que honramos a Deus q(Mt. 6.33) Ou seja, colocamos o Reino em primeiro lugar

Baixe o slide aqui

Se este texto te foi útil, compartilhe com alguém, dê uma estrelinha e assine pra receber mais notificações.

Avaliação: 1 de 5.

lição 5 Davi e Jonatas os bons amigos EBD Betel Viver + 3° tri 2021

§Davi e Jônatas se conheceram após a derrota de Golias, no Vale dos Carvalhos. Com certeza, a ousadia de Davi, naquele episódio, foi suficiente para que o filho mais velho do rei Saul percebesse que estava diante de um homem valoroso, te- mente a Deus e corajoso. §Não demorou muito tempo para que eles estabelecessem uma amizade sólida, fazendo uma aliança que expressava o amor e a admiração que sentiam um pelo outro. Jônatas reconheceu publicamente a honra de Davi, por isso Ihe deu sua capa, suas vestes, sua espada, seu arco e seu cinto (1Sm 18.1-4). 

Assista a lição aqui

§A amizade entre Jônatas e Davi é um exemplo de relacionamento verdadeiro, sincero e sem interesses. Davi era um jovem de família humilde, e Jônatas era filho do rei. Davi vivia entre as ovelhas, e Jônatas vivia no palácio. Davi era o filho mais novo de Jessé, e Jônatas era o filho mais velho de Saul. Apesar de todas essas diferenças, eles se tornaram grandes amigos. §Quando percebeu que Davi era um homem íntegro, Jônatas se recusou a ajudar seu pai a matá-lo. Isso parece estranho, mas Jônatas não desobedeceu a Saul, ele apenas percebeu que seu pai estava cometendo um erro ao querer tirar a vida de Davi, que não era inimigo do rei nem de Israel. §Davi não possuía bens materiais para dar a Jônatas, mas retribuiu a gentileza sendo fiel à aliança que fizeram. Sabendo das intenções de Saul, Jônatas sempre avisava o amigo das emboscadas para matá-lo (1Sm 19.2;23.16), e Davi escapava do rei.

Baixe o slide aqui

Deus nos criou como seres relacionais, por isso os amigos são importantes em nossa caminhada de vida. Apesar disso, é preciso selecionar as pessoas com quem temos amizade, como fizeram Davi e Jônatas, observando o caráter e o comportamento de quem se diz nosso amigo. Por fim, o cristão deve ter a Jesus no topo da sua lista de amizades, pois Ele nunca muda. Jesus é sempre o mesmo, independente das circunstâncias

Se este texto te foi útil, compartilhe com alguém, dê uma estrelinha e assine pra receber mais notificações.

Avaliação: 1 de 5.

Lição 05: Fidelidade, um Estilo de Vida | EBD Betel Adultos | 3° Trimestre De 2021 (RESUMO)

INTRODUÇÃO

Sadraque, Mesaque e Abednego são uma prova viva de que podemos viver neste mundo, sem jamais permitir que o mundo nos impeça de adorar e louvar somente a Deus [Dn 3.12, 17-18].

ESBOÇO DA LIÇÃO

Introdução

1. Uma firme decisão

2. Antes do forno de fogo ardente

3. O livramento no forno de fogo ardente

Conclusão

ASSISTA A VIDEO AULA AQUI

OBJETIVOS DA LIÇÃO

Ensinar a necessidade de tomar uma firme decisão.

Enfatizar a importância de termos uma postura corajosa diante das provações.

Mostrar que nossas “fornalhas” evidenciam nossa fé e revelam o poder de Deus. 

1. Uma Firme Decisão

Neste tópico expõe-se como Nabucodonosor, rei da Babilônia, declarou guerra a Jerusalém e sitiou a cidade [Dn 1.1]. Após conquistá-la e realizar a primeira deportação, o rei ordena que Aspenaz, chefe dos eunucos, escolha jovens para objetivos específicos: cargos de liderança no governo e aprender a língua e a cultura da Babilônia [Dn 1.3-4].  

2. Antes do Forno de Fogo Ardente

Neste tópico, volta-se ao terceiro capítulo do livro de Daniel, lemos que o rei Nabucodonosor fez uma estátua de ouro de aproximadamente trinta metros de altura e ordenou que todos se prostrassem diante dela e a adorassem [Dn 3.1-5]. Ser lançado no forno de fogo ardente era a penalidade para quem não obedecesse [Dn 3.6].  

3. O Livramento no Forno de Fogo Ardente

Finalmente, no terceiro capitulo, observa-se como ser fiel a Deus não livrou aqueles jovens da fúria do rei nem de serem lançados no forno de fogo ardente [Dn 3.19-20]. No entanto, a firme decisão deles desencadeou uma série de manifestações importantes e extraordinárias.

CONCLUSÃO

Na presente lição, aprendemos com Sadraque, Mesaque e Abednego que, seja qual for a provação, nossa fidelidade ao Senhor Deus jamais deve ser negociada. Que o testemunho do nosso compromisso seja agradável a Deus e de grande inspiração, tanto para os de dentro quanto para os de fora.

Gostou?

Adquira as revistas da Editora Betel Dominical aqui

https://www.editorabetel.com.br/betel/revista-adultos-betel-dominical-aluno-3-trimestre-2021-000970

Se este texto te foi útil, compartilhe com alguém, dê uma estrelinha e assine pra receber mais notificações.

Avaliação: 1 de 5.