3 SEGREDOS DO CRESCIMENTO COM DEUS

(2) Amplia o lugar da tua tenda, e estendam-se as cortinas das tuas habitações; não o impeças; alonga as tuas cordas, e fixa bem as tuas estacas.

Isaías 54:2


Alarga tuas estacas por que o tempo de crescer ja chegou na sua vida!

Em Isaías 54, vemos o Deus Eterno incentivar o seu povo a alargar as suas tendas. A promessa divina estava mantida, ainda seriam uma grande nação, nação esta que alargaria suas fronteiras para além das fronteiras de Israel. Assim, gente de todo o mundo, e de outros povos passariam a fazer parte da Família escolhida, promessa cumprida em Jesus, através de seu sangue remidor.

Contudo, como sabemos, somos, enquanto Igreja, o novo Israel de Deus, logo também podemos aplicar esta Palavra tanto para a Igreja como corpo de Cristo, tanto para cada crente individual e dele retirarmos lições profundas para a nossa vida espiritual.

Neste post iremos abordar pelo menos 3 segredos do crescimento de Deus para a nós e que se observados nos levarão a uma vida plena e abençoada em Deus, vamos lá?

1 Pense grande! ( Is 54 ;2 ) “Amplia a tua tenda”

Tudo o que acontece, acontece primeiro na mente. Nossas ações e gestos e mesmo as omissões, ainda que não percebamos, primeiro se dá em nossa mente. Por isto, é nela que se dão as maiores batalhas de nossas vidas. É nela que o crescimento se dá primeiro.
As amarras que prendem nossos pensamentos impedem seu crescimento, assim, se sua mente for pequena, o seu sucesso, em qualquer área de sua vida sempre será limitado. Dito isto, o primeiro lugar que temos que ampliar é a tenda da nossa mente.

O problema é que crescer da trabalho. O crescimento de Deus não é igual nem segue os padrões humanos. É necessário que você esteja disposto a pagar o preço.
Não transfira o seu fracasso pois ele trás aprendizado.
Seja auto-responsável! ou seja, lembre-se que crescer não é escolha, é uma ordem de Deus (Gn.1.28). Deus não só quer que cresçamos como estabeleceu princípios para os mesmos. vejamos alguns:

1.1 Os princípios do crescimento de Deus
a. Organização. Tudo precisa de organização para crescer!!! Deus ao criar o mundo e tudo o que existe seguiu os princípios da organização, cada coisa em seu momento, na sua hora e no seu tempo. Primeiro ele criou o Universo, Depois a terra, depois a natureza, o jardim e por último o homem, imagina se Deus não seguisse este modelo?
isto nos ensina que tudo o que fazemos precisa de uma preparação previa. Por isto, eu e você, antes de crescermos precisamos preparar o nosso ambiente, pois o ambiente vem antes das pessoas, lembre-se, primeiro Deus fez o jardim e depois fez o homem.

b. Oração. Não faça nada sem oração, não pense em realizar nada sem primeiro estar em conexão com o Eterno. O próprio Jesus, filho de Deus e nosso salvador, nada fez sem antes orar. Se quiser crescer, primeiro ore, pois Ele mesmo disse: “Sem mim, nada podeis fazer”.

2. Construa com Deus ( Is 54:2c) “Alonga as tuas cordas”.

Este segredo se assemelha ao tópico anterior, pois para crescermos precisamos estar firmados em Deus. Muitas pessoas pensam que irão crescer só por que oraram e só porque são crentes vão ficar esperando de braços cruzados o emprego, o casamento, a aprovação do concurso, a compra da casa própria, nada disto.

Na vida com Deus não existe mágica!

Pelo contrário, o crescimento requer trabalho! não se encontra bons empregos, boas empresas, bons casamentos. Eles são construídos, se o seu filho te disser que quer vencer uma maratona, você não dá a ele uma medalha e sim um bom tênis.

Deus faz assim com quer crescer, ele nos oferece os meios, a capacidade, a visão, a fé, mas o trabalho precisa ser nosso. O fato de Deus estar trabalhando em nossa vida não significa que Ele está nos dando tudo, aliás, existem 3 formas em que Deus trabalha, a saber:

a. Deus trabalha por você. Para grandes milagres e maravilhas, coisas sobrenaturais que vão além das nossas forças, Deus trabalha por nós.
b. A segunda forma como Deus trabalha em você. Deus adora trabalhar em nossa vida, pena que muitos de nós não deixamos por que o trabalho de Deus em nós leva tempo e muitas vezes inclui dor e sofrimento, aliás, como você já deve saber, crescer dói.

c. Depois Deus trabalha com você .

Este é jeito mais especial é método preferido de Deus quando estamos amadurecendo nossa fé Nele e em Seu poder. Por tanto, aprenda que Deus é o seu parceiro, Ele trabalha junto com você cada dia e que nesta caminhada, o seu amanhã você constrói hoje, Não se consegue bons empregos, eles são construídos, não se arranja excelentes casamentos eles são elaborados a cada dia. Construa com Deus através das suas atitudes e ações, pois o futuro começa nos pequenos gestos de hoje.

Nesta construção, permita que Deus faça parte dos seus projetos e sonhos e crescimento será certo.

3* Esteja Firma (Is 54 : 2) “firma bem as tuas estacas”.

Mas o problema não apenas crescer, e se manter grande, não apenas ter sucesso, é manter o sucesso. Muita gente conquista grandes coisas do dia para a noite, outras levam tempos para galgar algum espaço e conquistar seus sonhos, no entanto, o crescimento precisa ser mantido, protegido e preservado. Por isto, estar firme é fundamental.

E como tudo começa na mente, estar firme, ou seja, ter estabilidade emocional é fundamental. Muitos perdem o sucesso ou o que construíram por causa de um gesto impensado, de uma palavra mal colocada, de um negócio mal realizado, e muitas destas más ações se deram em momentos de fragilidade emocional. Por isto, ter estabilidade, “firmar as estacas é tudo”.

Que Deus te dê estabilidade emocional para você suportar os dias bom e os dias maus, que o amadurecimento te traga firmeza diante das crises. Então verás o crescimento de Deus em tua vida, não apenas como um sonho, mas como realizações de Deus em você.

E aí, estamos prontos para crescer?

Se este texto te foi útil, compartilhe com alguém, dê uma estrelinha e assine pra receber mais notificações.

Avaliação: 1 de 5.

Agradecer é voltar

James C. Cristensem – Ten lepers

Naquela dia, um grupo de leprosos tomou uma decisão: implorar a Jesus pela cura da lepra. Ao todo eram 10 homens, 9 eram judeus e um 1 samaritano, sendo este considerado pelos demais como um cidadão de segunda categoria.
No caminho conversavam entre si e faziam planos para o futuro. Um dizia: se for curado vou poder voltar pra casa e reencontrar minha família. O outro confessou que tinha saudades de poder ir à feira e estar no meio de pessoas. Outros diziam que estavam com saudades dos amigos de infância e poder ficar conversando na praça, pois os leprosos eram impedidos, por causa da sua condição doente, de estarem no convívio social.


Ao encontrarem Jesus clamaram pela cura e mestre lhes disse para irem até o sumo sacerdote. Não os tocou nem fez nenhum outro gesto, mas no caminho, antes que chegassem ao seu destino perceberam que estavam curados. Uau! Limpos da lepra que tantos lhes atormentavam, agora podiam gozar da liberdade. De repente, os planos agora viraram realidade e cada um pôde ir fazer aquilo que mais desejava. Assim um por um seguiu o seu destino.


No entanto, o samaritano parou e perplexo resolveu voltar para falar com aquele que o curara. James Cristensem, o autor da pintura de nossa postagem captou este momento. Ele retrata o misto de espanto e gratidão que tomou conta do leproso recém curado. O samaritano voltou e aos pés de Jesus se prostrou em agradecimento. (Lc. 17:10) Esta imagem nos fornece um lembrete inspirador, devemos parar um momento, desacelerar e refletir sobre o que devemos agradecer. Mostrar gratidão é o que devemos fazer diante do inesperado, diante do que realmente importa: a vida.


E você, já tirou um momento para agradecer a Deus pela sua hoje? Agradecer é uma forma de retribuir. Significa, parar e voltar novamente para a fonte de ajuda ou assistência em gratidão absoluta a quem nos ajudou.
Todos dez foram limpos, mas só um foi salvo. Agradecer é ser curado da verdadeira lepra, a ingratidão.
E você, tem sido grato? Tem parado e voltado para agradecer? Pense nisto

FILANTROPIA CRISTÃ

A palavra filantropia vem de dois vocábulos gregos: Philia que é amor e anthopos que significa homem. Então, filantropia é o amor que demonstramos ao ser humano como nosso próximo, porque este também foi criado à imagem e a semelhança de Deus. A Bíblia possui vários relatos sobre filantropia, destaco um no Antigo Testamento na Lei Mosaica que se encontra em Levítico 23.22 que diz para aqueles que fizessem a colheita do trigo, não pegassem as espigas que caíssem no chão, as que caíam ficavam para os pobres e estrangeiros. No Novo Testamento o próprio Jesus Cristo pelos seus atos, Ele possuía um grande amor pelos necessitados e deixa relatado no Evangelho escrito por João: “O meu mandamento é este: que ameis uns aos outros, assim como vos amei.” (João 15.12)

Na atualidade o cristão tem que se conscientizar que ele promove a filantropia cristã quando se encontra alegre realizando a obra de Cristo seja onde for, na portaria de sua igreja, louvando a Deus, orando pelo próximo, ajudando na obra, falando da Palavra de Deus. Como disse Jesus: “Assim resplandeça a vossa luz diante dos homens, para que vejam as vossas boas obras e glorifiquem o vosso Pai, que estás nos céus.” (Mateus 5.16); isso é filantropia cristã.

A filantropia cristã está alicerçada na Palavra de Cristo: Mateus 22.36 – 39, quando um fariseu Doutor da Lei pergunta a Jesus: “Mestre qual é o grande mandamento?” Jesus responde: “Amarás o teu Deus, de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todo teu pensamento. Este é o primeiro e grande mandamento.”. “E o segundo, semelhante a este é: Amarás o teu próximo com a ti mesmo”. O detalhe é que Jesus Cristo verbalizava a Palavra do Antigo Testamento para responder, porque o primeiro grande mandamento está em Dt.6.5 e o segundo está em Lv.19.18. O motivo é que o desejo de Jesus sempre foi que o homem entendesse que o amor a Deus e ao próximo é fundamental para a sociedade.

Sendo assim, deve-se crescer no coração o desejo de realizar a filantropia cristã, que pode ser desenvolvida em várias áreas como:

  • Educacional à realizando ensino voluntário aos necessitados; recolhendo material escolar para distribuição.
  • Saúde à realizando ensinamentos higiênicos como: escovar os dentes, os cuidados na adolescência feminina.
  • Mental à realizando ensinamentos do não uso de drogas, cuidados nos relacionamentos, cuidados na terceira idade.
  • Social à realizando ensinamentos sobre respeito ao próximo, comportamento e dedicação na escola.
  • Espiritual à Evangelização, oração, aconselhamento.

A filantropia cristã pode e deve ser exercida em todo momento, porque Deus colocou o amor em nosso coração. Mt.6.33 – “Mas buscai primeiro o reino de Deus e a sua justiça, e todas essas coisas vos serão acrescentadas”.

Lembre-se sempre: trabalhar em sintonia com seu pastor, porque o trabalho em equipe e na obediência sempre surte grande resultado.

O QUE SÃO PRINCÍPIOS E VALORES

Vamos conversar, hoje, sobre dois aspectos fundamentais da liderança: Os princípios e o valores. você sabe o que são? em qualquer área da liderança, seja ela corporativa ou religiosa, tais pressupostos são fundamentais para uma liderança de sucesso. Neste artigo eu explico o que são e como aplicá-los e demonstro como que a falta deles levam muitos líderes ao fracasso

Os princípios perfazem a base da nossa existência social.  Eles são, na verdade, os pilares que orientam os comportamentos que ajudam o líder a agir em determinadas questões de acordo com  a justiça, igualdade, dever e liberdade. Os valores, por outro lado, estão mais associados às escolhas que fazemos. Trata-se de crenças que são aprendidas no meio social e que são compartilhadas por membros de um dado grupo, são os valores que definem o que é certo e errado.

Assim, podemos dizer que os princípios são o Norte de nossa bussola comportamental. São leis naturais claras e consistentes, que não mudam, não se alteram de acordo com as circunstâncias e funcionam como fundamentos para a manutenção de uma dada cultura ética.

Na hora de tomar decisões, o líder precisa se orientar por eles. As decisões que tomam na hora de enfrentar situações difíceis mesmo que nunca tenham enfrentado tal situação antes. Ele saberá como agir, desde que ele siga os princípios que antes foram estabelecidos. Além disso, os princípios ajudam a estruturar as relações sociais, a comunicação e os hábitos não apenas no âmbito profissional, mas também em seu dia a dia.

Por outro lado, os  valores se diferem dos princípios, pois eles baseiam-se nas escolhas feitas pelos líderes, e são influenciados pelos agentes externos ou cultura de um determinado povo. Os valores são subjetivos e internos, pois nascem da nossa experiência com o meio social e é apreendido através da família, da escola, da faculdade e da religião se segue.

EXEMPLO DA DIFERENÇA ENTRE PRINCÍPIOS E VALORES EM UMA EMPRESA

  • Princípios: relacionam-se a  aspectos como responsabilidade social e lealdade;
  • Valores: Relacionam-se a questões de competitividade, inovação e rentabilidade.

Algumas empresas divulgam seus valores para os clientes, tais como fez uma certa empresa de segurança:

  • •         Compromisso e responsabilidade;
  • •         Competência e inovação;
  • •         Interação socioambiental;
  • •         Parceria de respeito com clientes e colaboradores;
  • •         Foco nos resultados;
  • •         Estratégia e competitividade ética.

Repare que tais quesitos relacionam-se a interação entre o social, daquilo que determinado grupo acha certo, como por exemplo: a interação socioambiental. Alguns acreditam que daí que se cria a ética de tais empresas. Eles mudam de lugar para lugar e de país para país e assim por diante.

Os valores de uma empresa, diferentemente dos princípios, são universais e absolutos e constituem os limites específicos que devem ser respeitados por quem o adota. Como certa empresa assim elencou:

  • •         Aqui damos oportunidades iguais a todos os funcionários independentemente do sexo do funcionário;
  • •         Não toleramos nenhum tipo de assedio e/ou bullying;
  • •         Nesta empresa primamos pela responsabilidade e a verdade de nossas práticas financeiras.

Note que os enunciados acima não são subjetivos. Eles são corretos e devem ser aplicados em todos os lugares independentemente da cultura que se tenha, pois discriminar pessoas ou praticar assedio é uma atitude errada em qualquer lugar, não é uma questão de interpretação, nem visão de mundo, mas de se agir da forma correta.

Podemos dizer que os princípios se relacionam com o caráter. Você conhece o caráter de uma empresa pelos princípios que ela emprega, e você conhece o caráter de um líder pelos princípios que adota.

Pois bem, e por que estamos falando tudo isso sobre os valores e princípios? é que um líder precisa ter seus valores, e adotar princípios. Os valores se baseiam em suas crenças e os princípios, uma vez bem definidos o guiarão ao seu objetivo.  Deus também trabalha com princípios.

“Presta deveras atenção às minhas palavras. Inclina teu ouvido às minhas declarações. Não se afastem elas dos teus olhos. Guarda-as no meio do teu coração. Porque são vida para os que as acham e saúde para toda a sua carne”  (Pv. 4.20.22)

O texto acima de provérbios expressa um dos princípios Divino: A  obediência a sua Palavra traz saúde para os que a praticam. Isto é um fato, é imutável assim como a sua palavra “Secou-se a erva verde, murchou a flor; mas, quanto à palavra de nosso Deus, ela durará por tempo indefinido.” Eles, os princípios, constituem a base para as leis. Regras, que tendem a ser específicas, talvez se apliquem apenas a determinado tempo ou situação, mas os princípios são eternos. (Salmo 119:111) Os princípios Divinos não passam, não ficam fora de moda, ou perdem a validade eles revelam o seu caráter. Você conhece a Deus através de seus princípios e você conhece um líder pelos princípios que ele adota.

E ai? gostou/ saiba mais em:

Avaliação: 1 de 5.